MALABARISMO ÍNTIMO

Eu te adoro tanto que corro na rua, sapato e cabelo suado molhando na chuva e até acho bom Te espero enquanto disparo no tempo no passo que passa no vôo do meu pensamento no canto contente e fora do tom Parece banal mas é tão natural não me perder no caminho Eu te...

LINHA DE FRONTEIRA

A linha da minha mão É uma picada escondida Chegada, passo e partida Em brumas de cerração. Há quem chame de destino Outros de linha da sorte Pra mim, linha de fronteira. Tatuada entre vida e morte. Me tocou sorver poeira Yuyo amargo e canha branca Me tocou ser o que...

DUAS ASAS

Amar é clave antes que seja o que na pauta ainda não foi nos compõe nascendo, nos deseja além de si…   E que venha em silêncio ou não: o que me sonha profundo e raso sem prazo e solto pra voar é bem mais que eu, e ganha o ar se for plural…   O...

PENSAROLANDO

Eu caminhante do mundo sou cria e rebento de verso e violão. E entre embaraços e acordes desato os enredos pelo sim, pelo não… E se o amor me gostar o amor é de quem tem deixa assim como está… Eu tenho muito mais pra guardar que o perdão pra...

O DOM DA ARTE

Tal qual os primeiros passos, Ia juntando pedaços Acerca daquele tema. Qual não fora o privilégio, Ver no mural do colégio Estampado o tal poema?! E vieram outros escritos, Nesse mistério infinito Que habita a inspiração… E o menino poeta Se fez homem de alma...

MUITO ALÉM

Nem tudo que eu penso é aquilo que a rouca boca me diz Nem tudo que eu faço é arte que arde e me faz tão feliz.   O som teima e se queima nas chamas que o vento tirou pra dançar. A gente sente e pressente tudo aquilo que um dia virá.   Eu me perco no começo...