Milonga

Letra: João Alberto Preto
Música: Talo Pereyra
Intérprete: Eraci Rocha

Quando você foi embora
Minh’alma ficou sem teto
Choveram mil desencantos
E hemorragias de cantos
Ficaram mudas de afeto.

Quando partiu seu perfume
deixei a porteira aberta
Do meu coração fogueiro
Pra rever seu corpo inteiro
Braseiro que me desperta.

Quando você foi presente
Meu rancho tinha carinhos
E aquele jardim de flores
Agora só chora dores
Tamanha ausência e espinhos.

Quando você foi embora
Seus olhos de Lua cheia
Foram levando de mim
As madrugadas sem fim
E o mundo que me rodeia.

Mas quando você voltar
Trazendo a luz da manhã
Para meu peito enlutado
Vou reviver arranchado
Em seus lábios de romã.

Talo Pereyra: violão
Texo Cabral: flauta