Letra: Ivo Ladislau
Música: Carlos Catuípe
Intérprete: Tambo do Bando

Este barco
Palamentado
Vai saindo
Atrasado.
É por culpa
Do João da Nica
Que se perdeu
Nas tiriricas.

Olha a manta
De tainha
Lá pra cima
Já se alinha.
“Pega” o suesse
E o xergão,
Muito cuidado
Com o nordestão.

“Se muda o vento, muda o tempo”
Nestas águas de ninguém,
No balanço destas ondas
A vida joga também…

Aperta os bentos
Seu proeiro,
Pra afastar
O nevoeiro.
Tá lá na praia
A rapariga
A moça é minha
Tá pidida…

Olha a ressolha,
anceia a rede
E é puxada
Pra “matá” a sede
A noite porfia
Revirado e alegria,
O mar nos espera,
Nas barras do dia.

Vocabulário:
Palamenta: equipamento de pesca
Suesse: chapéu de oleado
Xergão: manta de lã bruta
Bentos: talismãs
Pidida: noiva
Ressolha: brilho que o cardume provoca na água.

PALAMENTA
Classificado como: