Nesta sexta-feira, dia 28 de agosto, foi iniciada a triagem das músicas inscritas para a 34ª Moenda da Canção e a 10ª Moenda Instrumental. O corpo de jurados, formado por Clarissa Ferreira, Marcelo D’ávila, Marcelo Delacroix, Mathias Pinto e Odilon Ramos, tem a responsabilidade de escolher 16 canções e 4 músicas instrumentais para se apresentarem no festival em outubro.

A Moenda – Associação de Cultura e Arte Nativa, realizadora do festival, recebeu 493 inscrições, sendo 414 canções e 79 músicas instrumentais, superando as expectativas dos organizadores. Dentre as inscritas, composições enviadas de diversos estados brasileiros, como Pará, Minas Gerais e São Paulo, além dos países Argentina e Uruguai. 

A triagem desse ano está acontecendo em um formato totalmente novo, diferente dos outros 33 anos da Moenda. Em uma primeira etapa, a jurada e os jurados estão avaliando as músicas em casa, individualmente, com a possibilidade de trocarem ideias e opiniões através de um aplicativo de conversa. Já no domingo, dia 30, será realizada a retriagem, ou seja, o corpo de jurados escutará novamente as músicas com as notas mais altas para então escolher as classificadas para o festival. Esta segunda etapa acontecerá em reunião on-line, ao vivo, possibilitando maior troca de opiniões. O resultado da triagem será publicado no site www.moendadacancao.com.br e no facebook.com/MoendaCancao no domingo à noite. 

A 34ª Moenda da Canção e a 10ª Moenda Instrumental acontecerão nos dias 08, 09 e 10 de outubro, às 21h, em Santo Antônio da Patrulha. O público poderá acompanhar o festival apenas através da transmissão ao vivo no YouTube e no Facebook. No local das apresentações estarão apenas os músicos, os jurados e a equipe de produção em número reduzido. Serão respeitados todos os protocolos de segurança em saúde vigentes na data. 

O evento tem patrocínio das empresas DaColônia Alimentos Naturais, DeMello Alimentos e Companhia Riograndense de Saneamento – CORSAN, Governo do Estado do Rio Grande do Sul – Novas Façanhas, e tem financiamento do sistema Pró-Cultura RS – Lei de Incentivo à Cultura, Governo do Estado do Rio Grande do Sul, Secretaria de Cultura.