(Márcia Marques/ Dado Jaeger)
Intérprete: Victor Hugo

Procuro versos de mistérios vagos,
de esperanças tolas nos tantos fracassos,
de idéias frias, de muitos cansaços
pra esquecer, de vez essa melancolia.

Preciso espaços pra dores latentes,
pra curar a minha doida poesia,
pra criar maneiras de encarar o dia
e sentir de perto a minha verdade.

Não ouço nada, nem meias palavras,
são frases ditas, revoltas no ar…
não vejo a luz que vem desse lugar,
não trago luas cheias pra te dar.

Sou inquieto pra esperar a vez,
sou tantas coisas, sou tanto querer…
perdido em ruas que não sei dizer,
perdido em horas que não sei contar.

Aí me entrego, sem mais esperar
por essas noites que apagam os dias,
buscando sonhos num olhar distante,
tornando a vida a minha ousadia.
 

Teclado: Dado Jaeger
Guitarra e Vocal: Edilson Avila
Teclado: Mauro Marques
Bateria: Ricardo Arenhaudt
Baixo: Paulo Deniz Jr.
Arranjo: Dado Jaeger.

MEIAS PALAVRAS
Classificado como: