Eu te adoro tanto
que corro na rua,
sapato e cabelo suado
molhando na chuva
e até acho bom
Te espero enquanto
disparo no tempo
no passo que passa
no vôo do meu pensamento
no canto contente
e fora do tom
Parece banal
mas é tão natural
não me perder no caminho
Eu te adoro tanto
que faço segredo
das coisas mais lindas e simples
que penso e sinto
pra não acabar

Com todo o encanto
de cada momento
que passo contigo
sabendo que tenho teu beijo
sabendo de todo o desejo que há

Espero acordar
deste sonho real
sem me perder no caminho…

…e é assim porque

te amo
e posso mudar os meus planos
pra ficar contigo agora
no espaço, no tempo e na hora
que eu mais preciso porque eu te adoro tanto…

e é fato
nos atos, exatos abraços
no meu melhor sorriso
que aflora
e voa pela rua afora
num malabarismo

MALABARISMO ÍNTIMO
Classificado como: