(Hércules Grecco/Marco Araújo)
Intérprete: Ângela Jobim

Estrela da manhã
que em mim desponta
quando a noite tonta expira
vendo a aurora bocejar
me banha de mistérios
coloridos
e prepara meus sentidos
para o sol que vai chegar.

Estrela da ilusão
que me sustenta
dos tormentas me liberta
abre as portas do infinito
me leva ao ideal
traz a esperança
me conduz, refaz e lança
paz e luz nos meus conflitos.

Estrela coração
secreto e mudo
tua luz feita em silêncio resplandece
como antes na ponta mais pulsante
do teu lume
vagalume que amanhece
sobre o leito dos amantes.

Estrela da paixão
que me arrebata
me reflete em teu luzeiro
e me leva em torvelinho
desata cada laço que me enreda
me desnuda o peito inteiro
e me inunda de carinho.

Teclados: Marcos Ungaretti e Daisson Flach
Flauta e Sax tenor: Luizinho Santos
Violão: Marco Araújo
Arranjo: Marco Araújo

ESTRELA DA MANHÃ
Classificado como: