Gênero/Ritmo básico: Milonga
Letra e Música: Érlon Péricles (Porto Alegre – RS)

Milhões de descargas elétricas, 
num milongão de fronteira…
 
É coisa feia, coisa feia, coisa feia!

Um choque cultural anestésico,
à minha maneira…
Que corcoveia, corcoveia, corcoveia!

Elétrica milonga na minha guitarra, 
firmando a tradição e o que ela me fala!

Bota essa bombacha pra dançar
num surungo noite afora,
vejo a poeira levantar.
Bota essa bombacha pra dançar,
porque a eletricidade da milonga é de mata!

Elétrica…
Corrente que não pode se cortar!
Elétrica…
Não deixa essa milonga se apagar

Baixo e vocal – Miguel Tejera
Acordeom – Guilherme Goularte
Bateria e voz – Marcelinho Freitas
Guitarra – Paulinho Fagundes
Intérpretes: Érlon Péricles e Pirisca Grecco

ELÉTRICA
Classificado como: