Milonga/Candombe

Letra: Gaspar Machado
Música: Lenin Nunes
Intérprete: Ivo Fraga

Adagas terceando
Ao molde dos braços
Que rasgam feridas
Com talas de aço

Razão pra lutar
Cada um tem a sua
Na tarja do olho
Oitavado pra Lua

À forja tempera
O golpe mais duro
Que a destra certeira
Desfere no escuro

A cada pontaço
Um fraco se ajoelha
E o vil que recua
Na morte se espelha

De talhos retalhos
E sangue no chão
Se cobrem de luto
A paz e a razão

Não basta destreza
Nem prata o punhal
Que a fé dos vencidos
Tombou no portal

Duelos do mundo
De rinhas e abate
À vida se molda
Na dor do combate

Sérgio Rojas: violões, baixo e vocais
Cláudio Gonçalves: percussão

DUELOS DO MUNDO
Classificado como: