Letra: Zé Renato Daudt e Túlio Urach 
Música:Miguel Azambuja 
Intérprete: Juliano Barreto

Sobreviver…
De tombo em tombo a gente vai aprender
Reculutar…
Tocar adiante o que há por realizar
Reascender…
Dentro do peito a chama do bem-querer
 
Saborear…
Cores e aromas com milonga e luar.

Estrela riscando espora, 
Lágrima que a noite chora,
Lua repontando aurora,
 
Senhora das horas
 
Menina dos olhos da noite
 
Espelho do meu amor.

Quando cantar…
O galo que acorda o sol do rincão
 
Vou dar no pé…
Pegar o rumo que o instinto quiser
Se te encontrar…
Flor da manhã onde o acaso soprar
 
Vou te regar…
Cores e aromas de milonga e luar.

Noite onde a lua se deita,
Com as estrelas se enfeita,
 
No alvorecer se deleita…
Amante um instante
 
E apaga na mágoa do adeus
 
Como eu, espelho da sua dor.

Arranjo: Coletivo

Violão: Miguel Azambuja

Contrabaixo: Lucas Esvael

Flauta:Daniel Petersen

Violão Celo: Igara Pacolo

Percussão: Rafel Bisogno

Acordeon: Paulinho Goulart

 

CORES E AROMAS
Classificado como: