(João Aluá e Chico Lobo)
Intérprete:João Aluá

Coração de violeiro, bate tão ligeiro
não dá pra ficar
levanta o pó da estrada
em busca de fronteira por se desvendar.

O coração desse danado
tem fogo de um corisco
num relampejo de coragem
enfrenta os desafios.

Uma polca, um rasqueado, um tererê gelado
e um bom chamamé, na batida do catira
ou numa folia e num arrasta pé.

O coração desse danado
na vazante do destino
vai descendo rio abaixo
espantando os desatinos.

E quando surge na serra
o brilho da luz do luar
beijando a terra, as matas, os rios
desse meu lugar.

O violeiro pega na viola para pontear
o violeiro pega na viola e canta pro luar.

Baixo: André Salazar
Bateria: Sorriso
Teclado: Kilton Prates
Viola 10 cordas: Paulinho Machado
Acordeon: Libório
Arranjo: Coletivo

CORAÇÃO CORISCO
Classificado como: