1º lugar: Troféu Cantador
Do Amor

Letra: Edilberto Teixeira
Música: André Teixeira (São Gabriel/RS)
Intérpretes: Fernanda Lopes e André Teixeira

2º lugar: Troféu Cantador
Acalanto Pra Ninar Gente Grande

Letra: Sérgio Rojas (Porto Alegre/RS)
Música: Diogo Barcelos (Santo Antônio da Patrulha)
Intérprete: Sérgio Rojas

3º lugar: Troféu Cantador
Passagem

Letra: Carlos Medeiros, Paola Kirst e Pedro Borghetti (Praia do Cassino, Rio Grande e Porto Alegre)
Música: Neuro Júnior (Porto Alegre/RS)
Intérpretes: Paola Kirst, Pedro Borghetti, Tamiris Duarte e Neuro Júnior

Melhor Arranjo: Troféu Paulino Mathias
Absurdo – Cristian Sperandir

Melhor Melodia: Troféu Demétrio Machado Ramos
Acalanto Pra Ninar Gente Grande – Diogo Barcelos

Melhor Instrumentista: Troféu Eliseu de Venuto
Matheus Alves – A Estátua

Melhor Intérprete: Troféu Penduca
Juliano Barreto – Absurdo

Melhor Letra: Troféu Jarcy Cândido dos Reis
Milonga Divergente (De Ver Gente) – Guilherme Suman e Thiago Suman

Melhor Música do Festival – opinião do público: Troféu Francisco Carlos Gomes Salazar
Resiliência – Ronison Borba

Premiação 10ª Moenda Instrumental:

1º lugar: Troféu Geraldo Flach
Mas Ah, Garoto! – Fernando Graciola (Encantado/RS)

Melhor Instrumentista: Troféu Neri Caveira
Pedro Kaltbach – Resiliência e Mas Ah, Garoto!

Melhor Arranjo:
Troféu Djalmo Martins de Oliveira
Resiliência – Ronison Borba