Nos dias 16, 17 e 18 de agosto foram realizadas em Santo Antônio da Patrulha a 33ª Moenda da Canção e a 9ª Moenda Instrumental. No domingo, noite final do festival, foram reapresentadas 10 músicas com letra e duas instrumentais escolhidas pelos jurados André Salazar, Evair Gomez, Jean Kirchoff, Juliana Spanevello e Willian Varela. 

Conheça as músicas premiadas na 33ª Moenda da Canção:

Melhor Arranjo – Troféu Paulino Matias: “Artista”, de Caio Martinez, Adriano Sperandir e Cristian Sperandir

Melhor Letra -Troféu Jarcy Cândido dos Reis: Pela Fé Que Tem Teu Canto, de Mozer Ávila e Deivid Damaceno

Melhor Intérprete – Troféu Penduca: Lú Schiavo, em “A Paixão Não É Simplesmente Maré”

Melhor Instrumentista – Troféu Eliseu de Venuto: Cristian Sperandir, em “Menino Brasil”

Melhor Melodia – Troféu Demétrio Ramos: “Mil Vidas Para Amar”, de Cristian Camargo

Melhor Música na Opinião do Público – Troféu Francisco Gomes Salazar: Deli Cadê Zazá?, de Erick Corrêa Castro, Adriano Zuli, Pedro Ribas e Raphael Madruga

3º lugar – Troféu Cantador: “Artista”, de Caio Martinez, Adriano Sperandir e Cristian Sperandir

2º lugar – Troféu Cantador: “A Paixão Não É Simplesmente Maré”, de Ramires Monteiro

1º lugar – Troféu Cantador: “Mil Vidas Para Amar”, de Cristian Camargo

Resultado da 9ª Moenda Instrumental:

Melhor Arranjo – Troféu Djalmo Martins de Oliveira: “Um Novo Dia”, de Marcelinho Carvalho

Melhor Instrumentista – Troféu Neri Cavera: Guilherme Goulart, na música “Elo”

1º lugar – Troféu Geraldo Flach: “Elo”, de Matheus Alves e Cristian Sperandir