Letra: Érlon Párides
Música: Érlon Pendes e Fabiano Maus
Intérprete: Pirisca Greco
Santa Maria RS e Florianópolis SC

Ala Pucha! Que coisa gaúcha 
é meu sonho que sai pelo pago.
 
É a tristeza campeando um achego
 
e eu “loco de bueno” tocando o caualo.

É o Rio Grande que pede passagem 
matando a saudade num fundo de campo
 
É o sorriso que uem de regalo
 
fazendo um costado pras coisas que canto.

Tchê. compadre, falando em saudade. 
Esta dona anda “loca” pra vim me judiá
 
Eu tenteio, pois sou caborteiro.
 
Vou só no floreio e não vou me “aflouxa”.

“Se bobeia eu já tapo de bala”.
pra mim não dá nada mais um peleia.
se eu me calco nãn tem pra ninguém
e me uou “bem de bem” que não tem coisa feia.

Pego essa saudade 
Chamo ela no “reio”
 
Faço “conhece” rodeio
 
Só pra pacholear.
 
Corto pelo meio
 
E firmo nos arreios
 
Me agarro companheiro
 
E deixo corcovear.

Arranjo e violão: Ricardo Martins
Baixo: Érlon Péricles
Bateria: Marcelinho Freitas
Acordeon: Luciano Maia
Percussão: Giovanni Berti

CABORTEIRA
Classificado como: