Gênero/Ritmo básico: Milonga
Letra: Vinícius Brum (Porto Alegre – RS)
Música: Tuny Brum (Santa Maria – RS)

Cabeça desalojada
Cada memória, um punhal
O pensamento é ferida
Aberta dentro do sal.
Cabeça a vestir nevoeiros
E dentro é só vendaval
Idéias feitas de raio
Solidão meridional.

Cabeça despetalada
Formigueiro, faxinal
Náufrago morro de sede
No meio do temporal.
Cabeça de casas velhas
Futura cabeça modal
As paredes têm murmúrios
Choram lágrimas de cal.

Cabeça avessa cabeça
Num vestido fantasmal
Todas as folhas caindo
Do seu vazio outonal.
Desordenada cabeça
Desmantelada cabeça
Cabeça já sem cabeça
Na sua nudez primal.

O meu amor sem cabeça
Enlouquecendo sem pressa
Coração que me arremessa
Todo o bem, e todo o mal.

Violão – Tuny Brum
Teclados – Paulo Bracht
Bateria – Rafael Bisogno
Acordeom – Elias Resende
Baixo – Felipe Alvarez
Intérprete: Vinícius Brum

CABEÇA
Classificado como: